Páginas

"Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo."

Paulo Freire

sábado, 20 de agosto de 2011

Poema: " O Bicho" de Manuel Bandeira

Leitura do poema "O Bicho" de Manuel Bandeira.
Nesta fase os alunos serão convidados a refletir sobre a condição subumana que alguns homens são submetidos em nossa sociedade.



O Bicho
Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.
Poema de Manuel Bandeira

Um comentário:

Roberta Medeiros disse...

Gostei muito de fazer parte deste trabalho contigo e com os alunos. Parabéns pelo blog e pelo ótimo trabalho que realizas.

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...